5 mitos sobre o suicídio

suicídioO suicídio é algo que afecta (infelizmente) grande parte do mundo. A Europa, Austrália, China e os Estados Unidos estão a ser afectados por um aumento constante nas suas taxas de suicídio. Desta forma, isto está-se a tornar num problema social crescente que precisa de ser abordado urgentemente. Mas isto é ainda um assunto tabu e há muita ignorância sobre o tema. Por essa razão convido-te a descobrir alguns mitos sobre o suicídio que temos de desmentir.

 

Mitos sobre o suicídio em que não devemos acreditar

 

O suicídio está ligado principalmente aos adolescentes

mitos sobre o suicídioDado que o suicídio é uma das principais causas de morte entre os adolescentes em países como os Estados Unidos, e dado que vemos os adolescentes como indivíduos bastante impulsivos e irracionais, talvez fizesse algum sentido estes terem uma maior propensão para se suicidarem.

Este mito também foi frequentemente utilizado para tornar trivial o suicídio, dizendo que era algo que apenas as pessoas com poucas perspectivas e experiência de vida fariam.

No entanto, a verdade é que os idosos representam a maior percentagem de suicídios nos Estados Unidos em relação a qualquer outro grupo etário. Entre os homens brancos com mais de 65 anos, a taxa de suicídios é de 31,1 por 100.000, mais do dobro da média nacional. Isto talvez se deva, em parte, ao facto dos idosos tentarem suicidar-se usando métodos mais eficazes do que os jovens.

 

As tendências suicidas são fruto dos novos valores

novos valoresÀ medida que a taxa de suicídios sobe, também tem havido uma crescente tendência para criticar os valores da “Nova Era” que levaram uma geração jovem e supostamente fraca a recorrer ao suicídio porque não têm experiência para lidar com as dificuldades.

No entanto, as taxas de suicídio são mais altas nas zonas rurais onde os valores tradicionais são mais frequentes. Por exemplo, no Wyoming, um dos estados norte-americanos mais rurais e tradicionalistas da América, a taxa de suicídios é três vezes superior à média nacional. Na China rural, é cinco vezes maior do que nas zonas urbanas, especialmente entre as mulheres.

Parece que estar num ambiente onde as pessoas se sentem cómodas para expressar pensamentos suicidas poderá ser uma boa medida preventiva em relação ao suicídio.

 

As taxas de suicídio são mais baixas em África do que no resto do mundo

africaOutro dos mitos sobre o suicídio mais comuns, que tenta trivializar este acto, é destacar que as taxas são mais baixas nos países africanos em desenvolvimento, do que nos países desenvolvidos. Se as pessoas que vivem em alguns dos países mais pobres do mundo ainda encontram forças para seguir em frente, por que razão não o podem fazer as pessoas nascidas com mais luxos?

As evidências indicam que o suicídio não é menos frequente em África, apenas que é menos reportado. Um grande factor que contribui para isso é o facto de em muitos países africanos isso ser visto como um tabu ainda maior do que no ocidente.

 

Os suicídios aumentam durante as épocas festivas

épocas festivasDado que os problemas das pessoas se destacam mais durante as festividades, há uma falsa ideia sobre os suicídios serem em maior número durante as épocas festivas.

Mas as evidências sugerem que as taxas de suicídio nos Estados Unidos são mais baixas durante os dias festivos (especificamente o Dia de Ação de Graças e o Natal).

O período real de maior risco nos Estados Unidos parece ser Abril e Maio.

 

As pessoas que cometem suicídio deixam sempre uma carta de despedida

carta de despedidaApesar de haver muitas vezes uma carta de suicídio, a verdade é que na grande maioria dos casos os suicidas não deixam para trás nenhuma mensagem final. Uma notícia da Associação Canadiana de Prevenção do Suicídio refere que as notas de suicídio se encontram apenas entre 12% a 30% dos casos. A tendência parece ir no sentido das pessoas com algum tipo de doença mental não deixarem qualquer nota. Por outro lado, aqueles que acabam com as suas vidas devido a um conflito pessoal são mais propensas para deixar uma mensagem final.

 

Já conhecias todos estes mitos sobre o suicídio?

loading...

Deixe o seu comentário

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Refresh