neve cor de rosa

Já viu neve cor-de-rosa?

neve cor de rosaVer a neve a cair e como vai cobrindo a paisagem costuma ser um belo espectáculo e digno de admiração, apesar de ser acompanhada de temperaturas baixas e de causar frequentemente problemas na vida diária. Mas o que pensaria se disséssemos que a neve ao cair, em vez de ser branca era cor-de-rosa?

Embora pareça difícil de acreditar, não é inédito encontrar esta particular neve rosada, um curioso fenómeno da natureza.

Se agarrarmos um pouco desta neve e a deixarmos derreter num recipiente iremos obter um líquido rosado cujo sabor lembra muito o sabor da melancia, razão pela qual foi baptizada como “watermelon snow” ou neve de melancia. Pode-se pensar inicialmente que este fenómeno se deva à actual contaminação ou a factores que mais têm a ver com os a intervenção humana do que a causas naturais, mas neste caso em particular os humanos estão “inocentes”. Existem testemunhos com mais de 2.000 anos acerca deste fenómeno, e de exploradores e aventureiros de muitas culturas que se viram rodeados de neve cor-de-rosa quando cruzavam montanhas e cordilheiras.

Na realidade o verdadeiro responsável desta neve contaminada é uma alga microscópica denominada “Chlamydomonas nivalis“, adaptada à vida a temperaturas muito baixas e com pouco oxigénio, como é o caso dos ambientes de alta montanha. Nos meses da Primavera os raios ultravioleta (UVA) são mais intensos, e as algas tentam contrariar os efeitos nocivos da radiação soltando enormes quantidades de esporas, as quais contêm “astaxantina”, um pigmento rosáceo que é responsável pela sua coloração e que as protege da radiação.

A neve continua a ser branca até ao momento em que é depositada no solo, e vai-se tornando rosada à medida que passam os dias e a alga se começa a reproduzir e a prosperar, pelo que será mais provável encontrar em camadas de neve com mais tempo. Curiosamente, este fenómeno não está associado ou vetado a nenhuma zona do planeta, bastando haver apenas frio suficiente e um pouco de sorte.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...