olhos cinzentos

Olhos Cinzentos | O segredo desta bela raridade

Dizem que os olhos cinzentos têm a cor do mar no inverno, do pôr do sol nos países do norte. Que é o olhar das pessoas sonhadoras que olham o mundo com um halo de subtil lembrança, melancolia e enorme curiosidade.
A poesia diz muito sobre os olhos cinzentos, porém, sabe-se que eles não são muito comuns. Se for esse o seu caso, se o seu olhar deslumbrar com essa nuance especial, haverá momentos em que muitos dirão que você tem uma íris azul e não cinza. Outros, por outro lado, dirão que, na verdade, o seu olhar tem a tonalidade das pedras cintilantes dos rios, ou daquelas bolinhas mágicas com que muitos de nós brincávamos quando crianças.
Mas o que determina termos olhos cinzentos? Devem-se apenas ao peso da genética? Hoje, vamos mostrar para vocês.
olhos cinzentos

Os olhos cinzentos são na realidade olhos azuis?

Começaremos dizendo que, de fato, o azul e o cinza são muito semelhantes do ponto de vista genético. Embora sejam diferenciados por nuances muito especiais.
Quando se trata de falar sobre a cor dos olhos, sabemos muito sobre castanhos, verdes, azuis… mas e os olhos cinzentos?
Se o nosso rosto está emoldurado por essa paleta de cores nos olhos, na verdade é determinado por dois fatores: a quantidade de melanina e a quantidade de proteínas que temos no estroma corneano.

Descubra os segredos da cor de olhos mais misteriosa: o cinza

Vamos rever com mais detalhes como funcionam os olhos cinza, para entender melhor sua essência:
  • Como você já sabe, a íris é a parte colorida do olho. Um fato interessante é que essa parte é composta por duas áreas, uma na frente e outra atrás. No centro está o estroma.Os olhos castanhos ou castanhos são determinados por uma grande quantidade de melanina na parte frontal da íris, o que lhes permite enfrentar diretamente o impacto da luz.Nos olhos azuis, por outro lado, a luz entra por aquela primeira camada externa da íris e tenta refletir na melanina no verso dessa camada, mas não consegue. Por que razão? Porque fica na parte central, no estroma, formado pelo colágeno, onde a luz bate para dar lugar a essa coloração azulada semelhante à do céu. Isso é conhecido como dispersão de Rayleigh.Agora, com os olhos cinzentos, há algo muito curioso. É como se a luz do sol tentasse passar por uma atmosfera “nublada”. Com olhos azuis não tem problema, ao impactar diretamente com o colágeno do estroma dá lugar a essa tonalidade, mas se seus olhos são cinzentos “tem algo que altera” essa equação.
  • Neste caso, dois aspectos se unem: as proteínas na parte do estroma e uma camada muito fina de melanina na parte externa da íris. São dois elementos que fazem com que o reflexo do azul seja escurecido, que não seja “tão puro”, pois há uma camada externa que, como as “nuvens”, turva esse reflexo, dando lugar ao cinza.
Alguns geneticistas explicam que a diferença entre olhos azuis e olhos cinzas é como um regular num interruptor de luz. Um pouco de melanina na frente do olho lhe dará aquele tom cinza sonhador. Porém, nunca é demais lembrar que em todas essas características, o peso da genética é básico, já que um olhar azul será determinado pelo gene OCA2. 
Se formos portadores desse gene, será a magia das proteínas que dirá se nossos olhos serão azuis ou cinza, dependendo de quanta melanina é distribuída em nossa íris.
Mistérios incríveis que nos tornam únicos, não acha?
5

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...