violino

O violino mais pequeno do mundo

violinoDavid Edwars abandonou a sua carreira musical para se tornar num construtor de miniaturas, fazendo peças para casas de bonecas. Acabou mesmo por construir violino baseado no mundialmente famoso Stradivarius, com apenas 1,5 polegadas de comprimento.

Trata-se do violino mais pequeno do mundo. Com apenas uma polegada e meia, cada peça é vendida a 1000 dólares. O músico, que anteriormente chegou mesmo a tocar violoncelo na Orquestra Nacional da Escócia, renunciou à carreira no mundo da música para se dedicar exclusivamente a construir miniaturas. Inicialmente era tudo apenas um passatempo, mas acabou por se tornar numa profissão a tempo inteiro, fabricando todo o tipo de peças em miniatura.

Os violinos baseados no famoso Stradivarius, podem agora fazê-lo ganhar uma pequena fortuna. Edwards, com 76 anos de idade, diz: “Sou o melhor do mundo e sou famoso mundialmente“.

“As minhas peças têm o maior detalhe para o seu tamanho”, afirma. Explicou que ainda tentou fazer violinos mais pequenos, mas que estes seriam irreconhecíveis. Sente-te muito orgulhoso pelo seu trabalho, tanto que disse: “Não há dúvida de que os meus violinos são os melhores do mundo”, segundo confidenciou ao jornal Daily Mail.

Começou esta carreira a fabricar móveis para a casa de bonecas da sua filha. Antes tocava na Orquestra de Covent Garden, a Royal Philharmonic Orchestra, o Quarteto de Edimburgo e na Orquestra Nacional da Escócia.

O Sr. Edwards tem mais de 100 peças diferentes na sua colecção e fica sempre com uma das peças de cada lote que produz.

Em 2009 o miniaturista Peter Riches vendeu uma casa de bonecas com 23 quartos por £50.000 (cinquenta mil libra), enquanto algumas casas verdadeiras no mercado imobiliário do Reino Unido estavam à venda por muito menos.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...