sabão

Curiosos sabões magnéticos

sabãoSabões há muitos: de diferentes tamanhos, formatos, cores, cheiros e composições. Agora, a última novidade neste campo são os sabões magnéticos. Sim, tal e qual como o caro leitor está a ler: um grupo de cientistas da Universidade de Bristol (Reino Unido), idealizou um curioso sabonete que se pode controlar com ímanes. Como o fizeram? Simples, diluíram no líquido sais de ferro.

Mas qual é a utilidade deste peculiar sabonete? Bem, segundo os investigadores, poderia ter muita utilidade no fabrico de potentes e revolucionários produtos de limpeza (tanto domésticos como industriais), mas também poderia ser usado para eliminar manchas de petróleo no mar ou para purificar aguas contaminadas, para apenas citar algumas das funções que se lhe pretendem atribuir.

A equipa da Universidade de Bristol, com Julian Eastoe à cabeça, criou este sabão através da dissolução de ferro no sabão líquido rígido em bromo e cloro, um tipo de composição semelhante à que é possível encontrar nos produtos de limpeza bucal ou nos amaciadores da roupa.

Apesar de o sabão tradicional, tal e qual o conhecemos e usamos na actualidade, dissolve a sujidade, elimina a gordura e é eficaz frente a outras substâncias químicas, o certo é que as manchas nunca desaparecem completamente (embora assim pareça). A proposta destes cientistas passa pela aplicação de um campo magnético que faz com que os restos acumulados sejam atraídos e se eliminem totalmente.

Esta não é a primeira experiência de Julian Eastoe com sabão, uma vez que já em anteriores investigações tentou fabricar sabões sensíveis à luz, à pressão e à temperatura. No entanto, a sua grande descoberta veio com este novo sabão magnético, o qual segundo defende este cientista, já demonstrou ser a forma de limpar mais eficaz e potente sobre qualquer tipo de superfície que se conhece. E tudo, graças à carga magnética activada e desactivada pelos ditos ímanes.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...