vulcões mais perigosos

5 dos vulcões mais perigosos da Terra

vulcões mais perigososEm poucas palavras, um vulcão é uma estrutura geológica por onde emerge magma. Há muitos vulcões um pouco por todo o mundo, mas felizmente que maioria está inactiva. Situam-se normalmente nos limites das placas tectónicas, mas também podem existir nos chamados pontos quentes como por exemplo no Havai.

O vulcão mais alto do mundo é o “Ojos del Salado” que fica na fronteira entre a Argentina e o Chile.

Mas os vulcões também podem e surgem debaixo das águas do mar. Neste artigo vamos conhecer 5 dos vulcões mais perigosos que existem no nosso planeta. De certeza que vais ficar surpreendido com as suas características e poder de destruição.

Ao longo da história já foram registadas inúmeras erupções vulcânicas com consequências devastadoras. Uma das mais conhecidas ocorreu há cerca de 2000 anos e varreu do mapa a cidade de Pompeia quando o monte Vesúvio entrou em erupção e matou grande parte da população desta cidade romana.

Mas como quase todos sabemos, apesar de ser mortal, este fenómeno pode ser também bastante espectacular. Se alguma ver estiveres perto de algum destes vulcões que aqui vamos falar, apenas podemos dar-te um conselho: foge!

 

Os vulcões mais perigosos da Terra

 

Popocatépetl

vulcões mais perigosos da TerraEste vulcão fica localizado apenas a 72 quilómetros a sudeste da Cidade do México, uma das cidades mais povoadas do mundo. É o segundo vulcão mais alto deste país com 5.500 metros sobre o nível do mar. O seu nome, na língua local náhuatl, significa literalmente “montanha fumarenta”.

Este enorme vulcão tem estado activo há milhares de anos, apesar de alternar com estados de repouso e de inactividade que podem durar vários anos. No entanto, tem estado em grande actividade desde inícios deste século com várias erupções importantes, mas felizmente sem vítimas mortais.

O Popocatépetl é um dos vulcões mais perigosos do mundo porque sabe-se que pode causar grandes estragos nas grandes cidades que ficam nas suas proximidades.

 

Monte Mayon

vulcões mais perigosos do mundoSituado nas Filipinas, este monte está classificado pelos especialistas como um estratovulcão ou vulcão cónico de grande altura.

É o mais activo deste país, tendo já entrado em erupção cerca de 50 vezes nos últimos 400 anos. De entre todas as suas erupções, a mais terrível sepultou a cidade de Cagsawa, onde morreram umas 1.200 pessoas e a única coisa da cidade que se manteve de pé foi o campanário.

Para além disso, este vulcão caracteriza-se pelas grandes nuvens de cinza que expele. Já por diversas vezes que o exército filipino teve que intervir para fazer evacuações em massa e evitar outro desastre como o que ocorreu em 1814.

 

Sakurajima

vulcões perigososLocalizado no Japão, mais concretamente na prefeitura de Kagoshima, as suas erupções de lava são tão fortes que uma delas conseguiu unir a ilha onde se encontrava com a península mais próxima.

No ano de 1914, a actividade deste vulcão obrigou todos os habitantes a fugir da ilha e ceifou a vida de quase quarenta pessoas.

Todos os anos são registadas milhares de pequenas explosões no seu interior, algo que os especialistas têm controlado pois a cidade de Kagoshima fica a poucos quilómetros e ali habita mais de meio milhão de pessoas. Mas a cidade está muito bem preparada para uma possível grande erupção do Sakujarima e há diversas vias rápidas de evacuação preparadas caso seja necessário.

 

Krakatoa

KrakatoaO Krakatoa é indubitavelmente um dos vulcões mais perigosos do nosso planeta. Fica situado no estreito de Sunda, entre as ilhas de Java e Sumatra. Já teve muitas erupções importantes que provocaram grandes desastres naturais tanto na antiguidade como em tempos mais recentes.

A grande erupção do Krakatoa em 1883 provocou enormes tsunamis e terramotos que ceifaram a vida a quase 40.000 pessoas e provocaram a destruição de perto de 300 cidades. As suas fortes explosões atiraram pedras a uns 27 km de altura e o som da grande última explosão foi ouvida a cinco mil quilómetros, na ilha de Rodrigues, tendo os habitantes ficado surpresos com o estrondo e pensaram que teria havido alguma batalha naval.

Houve muitos relatos de pessoas às quais rebentaram os tímpanos num raio de 15 quilómetros do vulcão. O barulho da explosão chegou mesmo até à Austrália, Filipinas e Índia.

Mas a maioria das vítimas morreu devido ao tsunami e não devido à erupção que destruiu dois terços da ilha.  As ondas do tsunami geradas pela erupção foram vistas em todo o oceano Índico, Pacífico, costa oeste dos EUA, América do Sul e até no canal da Mancha entre Inglaterra em França. Elas destruíram tudo no seu caminho e carregaram para a costa blocos de coral com 600 toneladas. As ondas do tsunami foram ainda sentidas em Liverpool, na Inglaterra, em alguns territórios africanos e partes do Canadá.

De acordo com registos climáticos e estudos recentes, a temperatura global caiu cerca de 1 ºC em consequência da grande quantidade de gases e partículas que foram lançados para a atmosfera por altura da erupção.

 

Vulcão de Iwo Jima

Iwo JimaEsta célebre ilha japonesa, famosa pela batalha que ali aconteceu durante a II Guerra Mundial, aumentou 17 metros sobre a superfície do oceano devido à câmara magmática que cresce no seu interior.

Pode ser um dos vulcões mais perigosos do mundo, uma vez que os especialistas calculam que uma possível erupção poderá provocar ondas de 25 metros de altura que podem afectar grandes cidades como Hong Kong e Xangai.  Por essa razão, as consequências, tanto em termos de perda de vidas humanas como de bens materiais poderão ser devastadoras.

 

Graças a este artigo sobre os vulcões mais perigosos do mundo, agora já sabes que os mesmos são autênticas armas de destruição em massa quando entram em erupção. Mas para além destes vulcões ainda existem muitos mais que também são bastante perigosos.

Já conhecias o desastre provocado pelo vulcão Krakatoa? Sabias que o seu poder de destruição era assim tão grande? Já alguma vez viste um vulcão em actividade? Deixa-nos o teu comentário!

6

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...