Significado da coruja

Significado da coruja | O que este animal simboliza?

Se existe um pássaro com um significado importante ao longo da história, foi a coruja. Este animal noturno, está cheio de mistério e sabedoria. As corujas têm uma cabeça grande e dois olhos enormes e penetrantes, possuem ótima visão e audição apurada.
São muitas as espécies deste animal, que não devem ser confundidas com o mohco, que é outra ave com características semelhantes às da coruja. Acostumados com a noite, são dos poucos pássaros noctívagos. São caçadores furtivos e letais. É sem dúvida um animal que maravilha o homem desde o início da história, por isso vamos investigar um pouco sobre o significado da coruja, para trazer tudo que precisam saber sobre este animal incrível.
Significado da coruja

O significado da coruja: o que este animal simboliza?

Desde o início dos tempos que as corujas foram associadas à sabedoria e à intuição. Para além de serem consideradas mensageiros entre o mundo dos vivos e do submundo. Este animal foi muito importante em algumas civilizações antigas, como a grega em que foi associado à deusa da sabedoria e à riqueza porque estava estampado em moedas. Em outros casos as corujas eram vistas como símbolos de boa sorte.
No entanto, antes de entendermos completamente o significado da coruja, devemos primeiro dizer algumas coisas sobre este animal.

A coruja

O significado da coruja variou ao longo da história, mas na maioria das civilizações ela foi considerada um símbolo de sabedoria.
A coruja é uma ave carnívora que caça suas presas à noite. Ao contrário da maioria dos animais, a coruja não consegue mover os olhos, que sempre olham para a frente.
Para remediar esta situação, a coruja tem a capacidade de virar a cabeça até 270°, permitindo-lhe observar perfeitamente tudo à sua volta.
Este maravilhoso pássaro pode ser encontrado em quase qualquer lugar do mundo, com exceção da Antártica São capazes de se alimentar de pequenos peixes, ratos, insetos, lagartos e outros pequenos animais que estão à sua disposição.
Uma das curiosidades da coruja está no seu modo de caça: esses animais possuem excelente visão noturna, e são cuidadosos com os animais que perseguem, por isso os apanha, na primeira tentativa, tomando muito cuidado para fazer pouco ruído. 

A coruja nas antigas civilizações

Na Grécia Antiga, a coruja era o símbolo de Atena, a deusa da sabedoria.
Como referimos anteriormente, a coruja impressionou o ser humano desde os primórdios em todo o mundo.
O significado da coruja não é exatamente o mesmo ao longo da história, mas na maioria dos casos é geralmente semelhante.
No Extremo Oriente, o significado da coruja costumava estar relacionado com o guardião das almas que ainda estavam viajando para o mundo dos mortos.
Na Grécia Antiga, era o símbolo de Atena, razão pela qual logo foi atribuído o dom da sabedoria e da inteligência.
Os xamãs do continente americano usavam penas de coruja para afastar os maus espíritos e atingir o conhecimento.
No entanto, durante a Idade Média, este animal adquiriu conotações um tanto negativas, uma vez que se acreditava que as corujas eram magos ou bruxas disfarçadas.
Como você deve ter visto, ao longo da história a coruja sempre foi um animal muito respeitado e de grande importância.

O que as corujas representam

De acordo com a lenda, Atena nunca foi separada de sua coruja. O significado da coruja nos tempos antigos estava profundamente relacionado com a sabedoria.
A coruja esteve presente em muitas lendas e superstições ao longo da história da humanidade.
Um antigo mito grego dizia que a coruja de Atena, a deusa grega, abriu os olhos da deusa com verdades que ela não possuía. A deusa da sabedoria estava sempre acompanhada de sua coruja, pois assim ela podia ver todas as coisas. Tal era a relação da coruja com a deusa que, nos tempos antigos, as moedas atenienses exibiam o busto de Atena de um lado e a imagem da coruja do outro.
Durante a Idade Média, entretanto, o significado da coruja mudou. Durante os séculos obscuros, as pessoas viam as corujas como um presságio de morte. Se viam uma coruja a voar sobre uma casa, pensavam que isso seria um presságio de morte, um significado muito parecido ao dos abutres hoje, embora no caso dos abutres, por serem aves de rapina, essa ideia se justifique.
Após o Renascimento, o significado da coruja mudou novamente, o tom macabro que os homens colocaram na coruja foi diluído, embora permanecesse associado à melancolia por ser caracterizado como um pássaro solitário e noturno. 
Em certas culturas, eles também eram considerados mensageiros entre o mundo terreno e o mundo espiritual.

Significado espiritual da coruja

Atualmente, acredita-se que o significado da coruja está associado a bons presságios.
Embora durante muito tempo o significado da coruja estivesse relacionado com maus presságios, porque em certas culturas elas eram vistas como companheiras de feiticeiros, o significado espiritual da coruja não está relacionado com coisas negativas.
O significado da coruja tem sido relacionado à sabedoria, como referimos acima, mas também está profundamente associado aos guardiães espirituais. Na verdade, em algumas culturas, as corujas são vistas como guardiãs das florestas. Guardiãs silenciosas, mas sempre vigilantes, e incrivelmente habilidosas.
Algumas cidades até as chamavam de augúrios, pois se acreditava que seus gritos alertavam os transeuntes sobre os perigos que espreitavam na escuridão.
Hoje, a coruja está relacionada com coisas boas. Na verdade, acredita-se que o encontro com uma coruja pode trazer boa sorte.

A coruja na atualidade

A imagem da coruja tornou-se popular hoje em dia como um símbolo espiritual e de conhecimento.
Na nossa época, é um símbolo de sabedoria, beleza, feminilidade, misticismo e conhecimento. Devido à dificuldade de encontrar esses belos animais, costuma-se dizer que ver uma coruja é um sinal de boa sorte e fortuna. Muitas pessoas têm pequenas estatuetas ou pingentes de corujas, considerando-os amuletos da boa sorte. Ter uma estatueta em casa também pode ajudar a afastar o mau-olhado e os maus presságios, diz muita gente.
Podemos ver as corujas como um símbolo na maioria das universidades ou em muitas cerimónias de graduação, desenhadas nas togas dos estudantes.
Na cultura popular, a coruja e os mochos ainda têm poderes mágicos. Nos livros de Harry Potter, as corujas são animais de companhia e mensageiros fiéis. Vê-se claramente que este animal ainda está muito presente na sociedade atual e não perdeu a importância dos tempos antigos.

Tipos de coruja

Existem cerca de 225 espécies de coruja , e que podem ser encontrados em quase todo o planeta, tanto em áreas áridas como em florestas ou montanhas frias.
A coruja tem sido uma daquelas aves que se soube adaptar bem a diferentes contextos, podendo ser encontrada onde houver comida.
De entre os diferentes tipos de coruja, destacam-se a coruja-das-torres, a coruja-do-mato, e a coruja-branca, da qual falaremos mais adiante.
Existem cerca de 225 espécies de corujas em todo o mundo. Estas aves são encontradas em diversas formas, tamanhos e cores, mas todas elas estão relacionadas e pertencem a uma das duas classificações a seguir:
As corujas Strigidae são consideradas as verdadeiras corujas. Esta família abrange a maioria das espécies. Elas conseguem facilmente se camuflar em meio à natureza e têm grandes cabeças e com discos redondos ou ovais em sua face.
As corujas Tytonidae possuem os mesmos discos faciais, mas em forma de coração, e o corpo é um pouco mais cônico e esguio do que as corujas Strigidae.
É importante, claro, ter em mente que as corujas não são iguais aos mochos, embora sejam animais muito semelhantes.

A coruja branca

A coruja branca é sem dúvida uma das mais belas variedades de coruja que existe.
Conhecida como Coruja-das-neves, Coruja-do-Ártico, ou simplesmente Coruja-branca, é uma das variedades mais fascinantes desta espécie, diferenciando-se das outras pela sua plumagem branca, que a ajuda a integrar-se nos ambientes nevados. 
O nome científico deste tipo de coruja é Bubo scandiacus. Nesta espécie é particularmente fácil diferenciar machos de fêmeas, uma vez que os primeiros têm uma plumagem puramente branca, enquanto as fêmeas apresentam manchas ou listras castanhas claras no corpo.
Onde esses espécimes podem ser encontrados? Especialmente nas partes mais frias da América e da Europa.
Como um fato curioso, dizemos que Edwiges, a coruja de Harry Potter, é na verdade uma coruja branca.

Algumas curiosidades das corujas

Além do significado especial da coruja, esses pássaros são animais muito curiosos.
Embora já tenhamos revisto o significado das corujas e até mesmo o significado espiritual das corujas, não poderíamos concluir esta nota sem deixar algumas curiosidades de corujas.
Entre elas, uma das principais já dissemos: a coruja é um dos poucos animais que não consegue mover os olhos, mas em compensação pode virar a cabeça até 270°. 
Outra curiosidade dessas aves que tem a ver com os olhos, uma vez que têm os olhos protegidos por três pálpebras diferentes em cada olho, uma para o piscar diariamente, outra que só fecha quando vão dormir, e uma terceira pálpebra interna que é usada para limpar os olhos.
Outra coisa que pode surpreender neste animal simbólico tem a ver com a coruja-anã, que normalmente mede pouco mais de 10 centímetros e cujo peso oscila normalmente entre 30 gramas, sendo esta a menor espécie de coruja que existe.
Para finalizar, ressaltamos que outra das características surpreendentes deste belo animal refere-se à sua incrível audição e visão, que se aguçam com o tempo, tornando-a uma caçadora letal.
Agora adoraríamos que você nos desse sua opinião sobre este maravilhoso animal e o que ele representou ao longo da história da humanidade.
A coruja é um dos seus animais favoritos? Você conhecia o significado da coruja hoje em dia? Estamos ansiosos para ler seus comentários! 
5

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...