recordes guiness

Recordes do corpo humano

O ser humano é surpreendente, e demonstra isso mesmo sempre que alguém consegue superar as barreiras do que podemos classificar como extraordinário. Todos os anos novos aspirantes a superar os mundialmente famosos Recordes Guinness lembram-nos que somos capazes de muitas coisas, algumas pouco uteis (como ter 254 piercings no corpo), mas que mostram que muitas vezes os nossos limites são impostos por nós próprios.

recordes guinessFicar sem ar pode ser perigoso para a maioria de nós, mas não para pessoas como como Robert Foster, que ostentou o recorde mundial de contenção da respiração durante cinco décadas, com um tempo inacreditável de 13 minutos e 42 segundos. Mas o título passou para Tom Sietas no ano de 2006, quando conseguiu suster a respiração durante 16 minutos e 32 segundos. Desde então que o recorde já passou por várias mãos, até que Tom Sietas o voltou a bater em 2012 com o extraordinário tempo de 22 minutos e 22 segundos.

Se pensam que perder peso é uma chatice, talvez devessem conhecer Michael Herbranko, a pessoa que ostenta o recorde da maior perda de peso ao longo da vida. Quando nasceu já pesava 3,85 kg, chegando a alcançar os 80 kg quando ainda tinha somente 10 anos. Mas, alguns anos depois e quando já pesava 410 kg, foi necessário abrir um buraco na parede para poder sair de casa. Graças a uma intervenção cirúrgica, pode perder cerca de 320 kg embora isso não tenha durado muito porque em 1999 alcançou os 498 kg, tendo sido obrigado a recorrer novamente a ajuda médica. Ao longo da sua vida Michael já perdeu uns “insignificantes” 2.267,961 kg de peso.

Se são daqueles que não gostam muito de ver alguém com unhas grandes, há três pessoas a quem nunca conseguiriam dar as mãos, Shridhar Chillal, Melvin Boothe e Lee Redmond. Shridhar esteve desde 1952 sem cortar as unhas da mão esquerda, até que no ano de 2004 ganhou o premio Guinness com umas unhas que tinham o comprimento de 7,05 metros. Melvin fez o mesmo mas com as duas mãos, chegando a alcançar os 9,05 metros. Em relação ao recorde feminino, este é propriedade de Lee Redmond, que alcançou os 8,65 metros após estar sem cortar as unhas de 1979 até 2008.

5

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...