Os olhos no céu que vigiam as mudanças climáticas

Os olhos no céu que vigiam as mudanças climáticas

Os olhos no céu que vigiam as mudanças climáticas 2

Sobre as nossa cabeças existe uma multidão de olhos electrónicos, omnipresentes olhos orwelianos que vigiam, detectam e medem todo o género de fenómenos a fim de esclarecer as consequências das mudanças climáticas.

Dezenas de satélites colaboram na análise do nosso planeta, perscrutando o céu, a biosfera, os oceanos e a superfície do planeta com o objectivo de avaliar a evolução dos gases das atmosfera, as precipitações ou a poluição.

Os 14 principais olhos do Big Brother Meio-ambiental são os seguintes:

1. Jason-1: desde 2001 regista correntes oceânicas. Mede a topografia marinha com uma precisão de 4 centímetros.

2. QuickSCAT: Mede a direcção e a velocidade do vento da superfície marinha desde 1999. Faz 400.000 medições diárias de 90 % do planeta.

3. ACRIMSAT: Desde 1999, mede a energia solar, que varia em ciclos de 11 anos.

4. Landstat 7: Desde 1999, captura imagens da superfície continental para prever mudanças na paisagem.

5. NMP/EO-1: Usa vários sistemas de captação avançada de imagens da superfície terrestre.

6. CloudSat: “Vê” as nuvens para escrutinar a sua estrutura vertical em 3D para assim criar modelos climáticos.

7. CALIPSO: Lançado pela NASA e pelo CNES francês, investiga como foi afectada a atmosfera pela emissão de aerossóis.

8. ICESat: Desde 2003 mede com laser a altura das capas de gelo para prever uma possível subida do nível do mar devido ao aquecimento global.

9. GRACE: Desde 2002, dois satélites semelhantes orbitam a 220 quilómetros de distancia e medem as variações do campo gravitacional do planeta.

10. SORCE: Desde 2003 recolhe dados sobre a radiação solar para explicar o efeito dos mesmos na atmosfera.

11. TRMM: Desde 1997 vigia os trópicos, onde se concentram dois terços da chuva mundial, a fim de prever inundações, furacões e outros desastres.

12. Aura: Estuda os gases na atmosfera.

13. Terra: Desde 1999, este aparelho da NASA controla qualquer fenómeno ambiental terrestre.

14. Aqua: Desde 2002, recolhe 90 gigabytes de dados diários sobre o ciclo da agua: desde a evaporação até à formação de gelo.

1

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...