vampiros

Os Bluatsauger: os vampiros da Alemanha

vampirosOs Bluatsauger: os vampiros da Alemanha. São vampiros clássicos da Alemanha, cujo nome se traduz como chupa-sangue. Têm um aspecto pálido e sinistro e alimentam-se de sangue humano ou animal; costumam ser defuntos que morreram sem terem sido baptizados ou adeptos de magia negra que fogem imediatamente, quando se grita o nome de Deus.

Diz-se nas lendas populares que as intervenções destes vampiros, são precedidas de algum surto de doença, pelo que se acusava estes vampiros de serem os primeiros a morrer durante a praga.

Os camponeses utilizavam certos métodos para impedir o suspeito de se tornar num vampiro. Para evitar que se levantasse da campa colocavam-lhe uvas debaixo do queixo, embora em certas ocasiões apenas bastava colocar uma moeda ou uma pedra na boca.

Há no entanto que esclarecer que este métodos não impediam a transformação de um cadáver em vampiro, mas apenas anulavam a sua capacidade de mobilidade e de sair do sepulcro. Para se matar um vampiro é sempre preciso confrontá-lo, pois não é possível eliminá-lo antes da sua metamorfose, já que antes de se tornar um vampiro é apenas um cadáver.

O povos que acreditavam em vampiros sabiam como era complicado matar o que não tem vida, pelo que abundam métodos e crenças tradicionais cujo único fito era limitar a existência do vampiro à sua tumba. A forma de acabar com um vampiro fora da tumba é: estacas, vinagre e fogo.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...