assassinos em série

Os assassinos em série

assassinos em sérieUm assassino em serie é uma pessoa que mata sem dó nem piedade e de forma reiterada outras pessoas, durante um extenso período de tempo e de uma forma muito fria.

Os assassinos em série costumam ter entre 20 e 30 anos de idade, a maioria são homens, heterossexuais, sexualmente disfuncionais e com baixa auto-estima.

Muitos gostam de praticar sodomia, canibalismo, necrofilia ou pedofilia e conservam como troféu partes do corpo das suas vitimas, como mostra da evolução do seu “trabalho”.

Estes assassinos passam por pessoas normais e valem-se da sua aparência para matar sem levantar suspeitas.

Nem todos os indivíduos que maltratam animais são assassinos em série, mas quase todos os ditos assassinos em série cometeram actos de crueldade em animais.

Os assassinos em série não devem ser confundidos com assassinos em massa que são indivíduos que cometem assassinatos numa dada ocasião isolada e num único local.

A maioria dos assassinos têm antecedentes de problemas pessoais e familiares, tendo mesmo sido vítimas de abusos físicos, sexuais ou psicológicos durante a respectiva infância.

O elemento de fantasia durante o desenvolvimento dos assassinos é importante, e frequentemente fantasiam sobre assassinarem outras pessoas durante e após a sua adolescência. Outros gostam de ler historias de sadismo, de tortura, violações e homicídio.

O criminoso em série não mata por motivos económicos, salvo em algumas excepções, outros levam uma vida dupla, tendo mesmo família e trabalhos estáveis. Gostam de exercer a autoridade. Têm um fundo de perversão sexual e quando não estão satisfeitos matam como forma de enfrentar as suas próprias frustrações.

Alguns dos motivos de um assassino em série são:

Visionários: os actos são consequência de vozes na sua mente.

Missionários: pensam que é sua responsabilidade matar para livrar a sociedade de elementos não desejados.

Hedonistas: matam porque o assassinato lhes dá prazer.

Luxuria: assassinam para a sua própria satisfação sexual com actos que normalmente são sádicos.

Emocionais: matam pelo desejo de viver uma emoção ou experiência intensa.

Lucrativos: Assassinam por interesse pessoal, procurando obter benefícios económicos ou materiais.

Procura de poder: As mortes servem para satisfazer o desejo de terem controlo sobre a vida e a morte de outras pessoas.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...