Origem do Ouro e da Prata

Qual a Origem do Ouro e da Prata?

Origem do Ouro e da Prata
Desde que o ser humano descobriu o ouro e a prata da Terra, começou a fazer e usar jóias com estes metais pesados. Hoje em dia continuamos a usar estes metais preciosos para isto e muito mais. Mas o que não sabemos é de onde vêm estes elementos que fazem parte do nosso dia-a-dia. Hoje vamos contar-te tudo sobre a origem do ouro e da prata no nosso planeta.

Qual a origem do ouro e da prata?

Os cientistas andam há anos a tentar descobrir a origem destes metais e parece que finalmente o conseguiram. Desde a origem do Universo que os elementos pesados que conhecemos foram sendo “cozinhados”, por assim dizer, nos fornos nucleares dos milhões de estrelas que depois morreram e libertaram para o espaço. foram depois integrados em novas estrelas, como o Sol e assim formaram os planetas, incluindo a Terra.
É difícil explicar a sua criação. É preciso uma quantidade enorme de energia, segundo dizem os cientistas. Mas uma possível explicação para a procedência do ouro e da prata na Terra pode que estar na galáxia Reticulum II, que fica a uns 98000 anos luz da nossa Via Láctea. Esta galáxia é muito pequena e antiga, mas tem há sua volta milhões de estrelas cheias de materiais pesados, entre os quais o ouro e a prata.
origem do ouroEstes metais são criados através de um processo que os cientistas designam de processo r. Em 1957, os físicos Hans Suess e Harold Urey falaram sobre este processo e sobre a possível razão da sua existência. O detalhe é que não se sabia de onde provinham os metais criados desta forma. A energia necessária para a sua criação apenas poderia existir nas colisões de estrelas de neutrões. Estas são as mais densas que existem e o fenómeno ocorre durante a formação das galáxias como Reticulum II. Com a descoberta desta pequena galáxia, os cientistas puderam confirmar a teoria anteriormente exposta por Suess e Urey.
Quando a Terra se estava a formar, era uma grande bola sujeita a tremendas temperaturas. Era composta por materiais fundidos e os metais pesados fundiram-se no centro da Terra, ficando no seu núcleo. Consequentemente, todos os metais pesados a que temos acesso estão na superfície devido aos impactos de asteróides que foram batendo no nosso planeta.
26

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...