entropia

O que é a entropia?

entropiaA definição de entropia foi estabelecida no ano de 1850 pelo físico de origem alemã Rudolf J. E. Clausius, que inventou este termo para definir a uniformidade como se encontra distribuída a energia, assim como a sua tendência a para se igualar no caso de sofrer algum desequilíbrio. Quanto maior uniformidade existir na distribuição, maior é a entropia, sendo conhecido como “entropia máxima” o estado de total uniformidade.

Isto explica-se de forma mais fácil imaginando que colocamos um objecto quente ao lado de um frio. Enquanto o calor emana do objecto quente para o frio, o primeiro vai-se esfriando ao passo que o segundo vai aquecendo até a temperatura ser igual nos dois objectos. O mesmo ocorre com dois recipientes cheios de água e ligados entre si pela base. Neste caso será a gravidade que irá igualar o nível dos dois recipientes. Apesar de haver uma tendência para o equilíbrio nos dois casos através de forças diferentes, a entropia é o resultado final de ambos.

A importância da entropia para nós baseia-se na sua relação com a Primeira Lei da Termodinâmica, que afirma “que a energia não se cria nem se destrói, apenas se transforma”, o que nos leva ao conceito de Trabalho. Criando ou usando um sistema não-uniforme podemos aproveitar a entropia e convertê-la em Trabalho: um bom exemplo disso é uma barragem hidroeléctrica que transforma o movimento da água (gravidade) em corrente eléctrica.

A Segunda Lei da Termodinâmica descreve outra das características da entropia, que irá sempre aumentar à medida que passe o tempo, sendo um dos princípios gerais que regem o Universo.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...