olhos

O mistério dos olhos

olhosFalemos hoje um pouco sobre os nossos olhos, esse órgão tão sensível que nos permite olhar para o mundo que nos rodeia. Mas sabe como é formada a vista? É curioso mas na parte da dianteira de cada um dos nossos olhos existe uma membrana que tem uma forma esférica com pouco mais de onze milímetros de diâmetro, chamada córnea e que nem sequer nos damos conta da sua existência apesar de estar em frente à nossa vista, pois é transparente.

A mais conhecida será certamente a Íris, que é a zona colorida que podemos observar e que está protegida pela córnea, que rodeia a pupila e que é o local por onde entra a luz que nos permite ver. A íris fica por cima do cristalino, uma espécie de lente graças à qual podemos focar as coisas que se encontram mais longe de nós. Sim, a luz entra pela pupila, o cristalino encarrega-se de focar a imagem criando-a invertida na retina, para de seguida o cérebro dar o toque final e nos mostrar tal como é realmente o que estamos a ver.

Sabias que a cor dos globos oculares é criada por um pigmento chamado melanina? Exacto e é devido a este pigmento que existem olhos cinzentos, escuros, verdes, azuis, castanhos. Sabe-se também que há mais pessoais com olhos castanhos do que azuis, e que os olhos castanhos têm mais melanina na íris do que os azuis.

Por outro lado é interessante saber que nos olhos existem três tipos de células que têm uma forma de cone, e que cada um desses cones é sensível a uma cor diferente, uns ao vermelho, outros ao azul e outros ao verde. Isto está relacionado com a forma como temos a percepção das cores. Quando estimulados, por exemplo, os cones sensíveis ao vermelho e ao verde ao mesmo tempo, temos como resultado a cor amarela.

O mais surpreendente é que os olhos são capazes de distinguir cerca de dez milhões de tons distintos de cores.

olho

Aqui ficam alguns dados curiosos sobre os olhos:

  • Bastam dois milésimos de segundo para que a luz passe pela pupila e alcance a retina, permitindo ao cérebro captar a imagem e que a vejamos.
  • Se precisas de óculos é porque a imagem captada pela retina chega turva ou desfocada, pelo que o cérebro pouco pode fazer excepto invertê-la e reproduzi-la também turva. Uns óculos correctamente graduados ajudam a resolver este problema.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...