peixe lua

O maior peixe do mundo

peixe luaO reino animal está cheio de surpresas e de curiosidades que nunca deixam de nos surpreender, e alguns animais como o peixe lua é um exemplo perfeito. Esta peculiar espécie marinha pode alcançar os 3 metros de comprimento e pesar uma tonelada,no entanto o tamanho do seu cérebro é de apenas 5 gramas.

O que torna especial e curioso este singular peixe é que é o animal que cresce mais desde o seu nascimento, tornando-se assim no maior peixe ósseo de todo o reino animal. O seu corpo é muito plano e tem uma forma de disco, embora o que mais chama a tenção nesta espécie sejam as barbatanas, muito altas e localizadas sobre a parte de trás do corpo.

É ainda uma espécie muito cosmopolita, que pode habitar em qualquer parte do planeta, tanto em aguas tropicais como em aguas temperadas. Na sua dieta destacam-se vários tipos de fitoplâncton gelatinoso como por exemplo as medusas, as salpas e as fragatas portuguesas.

Outro dado curioso deste simpático peixe é que vive geralmente em alto mar, apenas se aproximando da costa para se deixar limpar por pequenos peixes que limpam os parasitas da sua pele. Trata-se de um peixe solitário, sendo pouco frequente ver um par desta espécie a nadar juntos. Podem ser encontrados sobretudo em aguas abertas e o seu transporte favorito são as correntes marinhas, onde se deslocam facilmente e deforma passiva.

Não há duvida que se trata de uma das espécies mais estranhas do mundo aquático. O seu enorme tamanho e o cérebro diminuto fazem dele um animal muito curioso, embora o que mais chama a atenção seja o seu peso, que pode superar as três toneladas de peso e os três metros de comprimento.

Podemos observar o peixe lua no oceanário em Lisboa.

1

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...