idoso

O homem que viveu 256 anos

idosoActualmente é impossível acreditar que um homem possa viver até à idade de 150 anos, quanto mais chegar aos 256 anos. Mas segundo alguns artigos publicados nas revistas “Time” e no “New York Times” no ano de 1933, terá morrido na altura um homem que teria a venerável idade de 256 anos. A cada um de nos caberá julgar se viver até essa idade é uma bênção ou uma maldição.

O seu nome era Li Ching-Yun e durante toda a sua vida teve 23 esposas. No momento da sua morte, já teria nada mais, nada menos do que 180 descendentes. Por ter estado em África, teria sido um modelo a seguir por muitos homens, uma vez que nestas culturas o valor de um homem era medido pelo número de esposas e filhos. Li Ching-Yun afirmou que o segredo da sua longa vida era estar sentado como uma tartaruga, dormir como um cão, caminhar alegre como uma pomba e manter um coração tranquilo.

Partilhou esta informação com um soldado durante a guerra que queria saber o que era preciso fazer para viver tanto tempo. Li insistiu que a paz e a tranquilidade da mente foram os principais factores para a sua longa vida. Para quem se questiona sobre o que ele comia, ficarão surpreendidos ao saber que alimentava-se essencialmente de arroz e bebia vinho.

Não se sabe muito sobre a infância de Li Chung. A informação existente pouco mais diz sobre o facto, tendo talvez nascido na mesma cidade onde morreu, que seria na província de Sichuan na China. Aprendeu a ler e a escrever aos dez anos de idade e viajou frequentemente até Shansi, Tibete, Kansú e à Manchúria para obter plantas medicinais, que vendeu durante quase cem anos. Como fato curioso a revista Time afirmou que as unhas mediam 6 polegadas (15,24 centímetros).

Muitas pessoas de 80 anos costumam andar curvadas e já não conseguem fazer muitas coisas por si mesma. No entanto e surpreendentemente, Li tinha uma aparência jovem e podia fazer tudo por si próprio, o que fez muitas pessoas duvidar de que seria assim tão velho.

Li admitiu ter nascido no ano de 1736, mas um professor da Universidade Minuko provou que Li nasceu no ano de 1677. Conseguir demonstrar isso graças a registos que mostram que o governo chinês o honrou nos festejos do seu 200º aniversário. Tudo isto leva-nos à grande questão: se Li tinha esquecido a sua própria idade ou se se trataria mesmo do Li legítimo. Olhando para a situação de um ponto de vista médico, parece impossível que alguém fosse capaz de viver assim tanto tempo. A idade de Li supera largamente o recorde oficial de mais de 130 anos.

Diz-se que parecia ter sessenta anos de idade. A única conclusão razoável seria que ou tinha um corpo sobre-humano ou então todas estas histórias são um exagero. O problema é que nunca iremos conseguir saber a sua idade realmente.

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...