O hipopótamo bom samaritano

O hipopótamo bom samaritano

Todos os anos milhares de animais atravessam o rio Mara em África, durante as migrações para terras melhores para passar o inverno. E muitos deles nunca chegam ao final da migração por vários motivos.

No entanto, nesta ocasião, um gnu e uma zebra, dois dos animais mais característicos das grandes migrações, puderam continuar o seu caminho graças ao ‘hipopótamo bom samaritano’, uma fêmea, que ficou com pena de ambos.

Quando atravessavam o rio ficaram separados do resto do grupo arrastados pela corrente do rio Mara a caminho do Santuário Olonana, na reserva Masair Mara do Quénia. Estava-lhes já destinado um fim trágico, porque o mais provável seria morrerem afogados e comidos pelos crocodilos.

Um grupo de turistas observou toda a cena, lamentando a má sorte da jovem cria, quando de repente, e para surpresa de todos “apareceu um hipopótamo que empurrou suavemente o pequeno gnu até à margem do rio, que prontamente correu a procurar a progenitora”, segundo relataram ao diário britânico Metro.

Mas esta aventura ainda não havia terminado. Uns dez minutos depois a corrente arrastava uma outra cria. Neste caso uma pequena zebra que tentava atravessar o rio no mesmo local.

E novamente o hipopótamo veio resgatar agora esta cria de zebra. Empurrou a zebra que mal conseguia manter a cabeça à tona da água, e levou-a suavemente até à margem para que se pudesse juntar ao resto da manada.

“Foi uma coisa maravilhosa, épica e apaixonante”, garantiram os turistas que testemunharam o acontecimento. “É incrível como o amor maternal pode ser tão forte que consegue superar os limites das espécies”.

Fonte: Metro.co.uk

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...