pneus

História e evolução dos pneus

pneusExistem algumas dúvidas em relação às origens dos pneus e sobre quem terá sido o primeiro a ter a ideia de cobrir as rodas com borracha.

Julga-se que terá sido John Boyd Dunlop em 1888 a primeira pessoa a montar uns tubos de borracha cheios de ar e cobertos por uma lona sobre as rodas de madeira de um triciclo, criando assim os primeiros pneus com câmara-de-ar.

Apenas três anos mais tarde, os irmãos Michelin registavam a patente dos pneus desmontáveis, e para provar a sua eficácia promoveram uma corrida entre Paris e Clermont-Ferrand, onde ficava a sede da empresa. A ideia foi de Édouard Michelin, que pensava há já algum tempo na criação de um pneu fácil de reparar após um ciclista ter ido à fábrica da empresa francesa à procura de material para reparar o seu pneu Dunlop. Demorou mais de três horas a fazer reparação, mas esse acontecimento fez com que Michelin começasse a magicar uma forma mais simples de fazer a reparação.

historia do pneuNa mesma altura em que Michelin registava a patente dos seus pneus desmontáveis, C.K. Welch inventava o pneu com rebordo, uma solução fundamental para entender a sua evolução baseada na fixação do pneu à jante através de fios de aço entrançados e formando uma espécie de cabo ou cinta.

Em 1895, Michelin escreveu outro capítulo na história do pneu quando colocou pela primeira vez os pneus com câmara-de-ar num carro, um aspecto fundamental na história do automóvel.

Em 1898 Frank Seiberling fundava a Goodyear Tire & Rubber Company, com o apelido do descobridor da borracha, Charles Goodyear. A empresa começou por fabricar pneus para bicicletas, mas passado pouco tempo, em 1916, conseguiu transformar-se na maior empresa fabricante de pneus de todo o mundo. Goodyear foi aumentando o volume de negócios e em 1926 alcançou o primeiro posto a nível mundial como principal produtor de borracha.

pneuA segunda década do século XX teve uma importância vital na história do pneu, uma vez que foi desenvolvido a estrutura de camadas radiais que substituiu a estrutura de camadas diagonais. Ou seja, os materiais são colocados em camadas umas sobre as outras em linha recta, o que permite uma maior estabilidade e resistência. Hoje em dia faz parte do método de produção normal, mas é curioso ver que apesar de este método ter sido inventado em 1916, apenas foi colocado em prática nos anos 50.

Independentemente de quem, como e de que forma começou a história do pneu em finais do século XIX e início do século XX, a verdade é que sem ele a história automobilística não teria sido a mesma, nem a própria mobilidade tal como hoje a conhecemos.

O pneu transformou as viagens num prazer, quando anteriormente eram uma tortura, e contribuiu para o desenvolvimento de muitos negócios que dependem da mobilidade.

Hoje em dia os fabricantes de pneus concentram os seus esforços na segurança e na eficiência, sem nunca perder de vista a ideia com que nasceram: tornar a vida um pouco mais confortável.

 

O futuro dos pneus

Os carros do futuro também terão de ter pneus do futuro, e pelo que podemos ver também estes serão surpreendentes e não ficarão atrás dos próprios carros.

As grandes empresas mundiais estão a esforçar-se para antecipar e projectar o que será o pneu do futuro, havendo já algumas surpresas e curiosidades. Já existem projectos de pneus esféricos, de 360 graus, conectados e inteligentes, os quais serão uma ajuda preciosa no que espera ser a revolução dos veículos autónomos.

Entretanto e no presente o comércio electrónico é uma realidade cada vez mais presente e também uma forma de conhecermos as novidades e compararmos os preços praticados. Um bom exemplo é a loja electrónica da Tirendo, onde pode encontrar todo o tipo de pneus. Mas se procura alguma peça para o seu carro, aqui talvez possa encontrar o que procura.

O presente é já uma pequena amostra do que será o futuro, que se espera mais ecológico, eficiente e amigo das pessoas. Vamos aguardar para ver!

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...