gelado mais caro do mundo

O gelado mais caro do mundo custa mais de 6.000 euros

gelado mais caro do mundo
A marca japonesa de gelados Cellato criou o Byakuya, o gelado mais caro do mundo. O Byakuya é o gelado mais caro do mundo, avaliado em 6.696 dólares por dose. É uma criação da empresa japonesa Cellato que já está registada no Guinness World Records devido ao seu elevado custo.
Este gelado especial é feito com ingredientes pouco comuns, como folha de ouro, trufa branca italiana oriunda da região de Alba em Itália, com um preço de 2 milhões de ienes japoneses (mais de 13.000 euros) por quilograma, queijo Parmigiano Reggiano e molho japonês de sake.
Cada embalagem colecionável inclui óleo de trufa e uma colher especial de metal feita à mão pelos artesãos de Takeuchi em Fushimi, Quioto. O gelado tem uma base de queijo, camadas de sake com trufa, outra camada de queijo, outra de trufa e, por fim, pedaços de folha de ouro.
Para servir o gelado Byakuya, é necessário utilizar o óleo de trufa branca fornecido na embalagem pela Cellato e misturar até obter uma consistência ligeiramente suave, conforme indicado no site oficial da Cellato.
O Byakuya, também conhecido como “cavaleiro branco”, contém 130 mililitros de gelado excêntrico, feito com leite, açúcar, gemas de ovos, arroz e malte de arroz, trufa negra, álcool destilado, castanha de caju e produtos lácteos não especificados.
Cada porção do Byakuya custa 873.400 ienes japoneses (6195 dólares americanos), valor que lhe conferiu o título de Recorde Mundial do Guinness.

A degustação do gelado mais caro do mundo

Os funcionários da empresa Cellato que provaram esta sobremesa especial descreveram a fragrância intensa da trufa branca, que se complementa com a complexidade frutada do queijo Parmigiano Reggiano e as notas de sake.
Um dos objetivos ao criar este gelado era fundir ingredientes europeus, como as trufas, com ingredientes japoneses, como o sake, como mencionado no site do Guinness World Records.
Para tornar este projeto uma realidade, a empresa de gelados contratou Tadayoshi Yamada, o chefe de cozinha do restaurante RiVi em Osaka, conhecido pela sua cozinha de fusão.
O representante da Cellato afirmou que levaram mais de um ano e meio para desenvolver o gelado, realizando várias tentativas e erros até obter o sabor correto. O reconhecimento do Guinness World Records tornou todo o esforço válido.
Recomenda-se aquecer o gelado no micro-ondas ou esperar até que atinja a temperatura ambiente, caso o cliente não consiga introduzir a colher no gelado. A empresa informou que o gelado pode ser enviado até à porta do cliente através de um serviço de entrega congelada da Yamato Transport.
O recorde anterior do gelado mais caro era do Golden Opulence Sundae do restaurante Serendipity3 em Nova Iorque, com um custo de 1.000 dólares. Este gelado incluía gelado de baunilha tahitiana, caviar e uma orquídea ornamental feita inteiramente de açúcar e folha de ouro comestível de 23 quilates.
43

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...