medo

13 horripilantes frases de H. P. Lovecraft que farão estremecer cada partícula do teu ser

 

H. P. Lovecraft 13 horripilantes frases de H. P. Lovecraft que farão estremecer cada partícula do teu ser.  No dia 15 de março de 1937, exactamente há 79 anos atrás, o mestre do horror cósmico, o repulsivo visionário das mais profundas, tenebrosas e insondáveis abominações da galáxia, Howard Philip Lovecraft, empreendia uma aborrecida viagem às incompreendidas formas da existência.

O tema de hoje está muito distante da grande complexidade que caracterizou a obra deste grande mestre das letras. Trazemos apenas uma humilde compilação de 13 horripilantes frases de H. P. Lovecraft para reflectir e recordar a sua prodigiosa imaginação.

Sem mais, comecemos…

Lovecraft

  1. Suspeitam

Os homens da ciência suspeitam de algo sobre este mundo, mas ignoram quase tudo. Os sábios interpretam os sonhos e os deuses riem-se.

horror

  1. Desespero

Nem a morte, nem a fatalidade, nem a ansiedade, podem causar o insuportável desespero que resulta de perder a própria identidade.

mistério

  1. O empirismo não basta

Os homens de mentalidade mais aberta sabem que não existe uma distinção clara entre o real e o irreal; que todas as coisas parecem o que parecem apenas em virtude dos delicados instrumentos psíquicos e mentais de cada individuo, graças aos quais chegamos a conhecê-los; mas o prosaico materialismo da maioria condena e diz que é loucura os lampejos de clarividência que traspassam o véu comum do claro empirismo.

terror

  1. Nem sequer a nossa linguagem

Entre as angústias dos dias que se seguiram está o maior dos suplícios: a inefabilidade. Jamais poderei explicar o que vi e conheci durante essas horas de impia exploração, por falta de símbolos e de capacidade dos idiomas.

morte

  1. Ninguém

Ninguém dança sóbrio a menos que esteja completamente louco.

morte

  1. Não há retorno

A morte é misericordiosa, já que dela não há retorno; mas aquele que regressa das câmaras mais profundas da noite, extraviado e consciente, não mais volta a ter paz.

vazio

  1. Mais além…

É uma pena que a maior parte da humanidade tenha uma visão mental tão limitada para analisar com calma e inteligência aqueles fenómenos isolados, vistos e sentidos apenas por algumas pessoas psiquicamente sensíveis, e que acontecem para além da experiência comum.

lovecraft

  1. O oceano, sábio… antigo

O oceano é mais antigo do que as montanhas e está cheio com recordações e sonhos do tempo.

morte

  1. A ignorância

Uma das maiores bênçãos do mundo, creio eu, é a incapacidade da mente humana em correlacionar todos os seus conhecimentos. Vivemos numa plácida ilha de ignorância no meio de mares negros e infinitos…

loucura

  1. Morrer

Não está morto o que eternamente jaz inanimado, e em estranhas realidades até a morte pode morrer.

louco

  1. Infelizes

Não há muitas pessoas que saibam quantas maravilhas conheceram nas histórias da juventude, pois quando somos crianças ouvimos e sonhamos, mas quando nos tornamos adultos e nos tentamos recordar, vemo-nos obstruídos e transformados em seres prosaicos pelo veneno da vida. Mas alguns despertam à noite por entre estranhos fantasmas de colinas e jardins encantados, de fontes cantando ao sol, de falésias douradas à beira mar, de planícies abertas em volta de sonolentas cidades de bronze e pedra, da severa companhia de heróis cavalgando cavalos brancos junto a densas florestas; e então saberemos que voltámos às portas de marfim do mundo de prodígios que já foi nosso antes de sermos sábios e infelizes.

medo

  1. O medo

A emoção mais antiga e intensa da humanidade é o medo, e o mais antigo intenso dos medos é o medo do desconhecido.

frases de H. P. Lovecraft

  1. Espera… sonha…

Ph’nglui mglw’nafh Cthulhu R’lyeh wgah’nagl fhtagn!

1

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...