ovni

Existe alguma explicação científica para o fenómeno ovni?

ovniComo bons filhos da modernidade e da hipermodernidade desta época em que vivemos, estamos constantemente na procura de respostas lógicas e razoáveis para tudo o que acontece em nosso redor.

Com base na ciência procuramos uma explicação através do uso da razão, de evidências factuais e do uso dos nossos conhecimentos para explicar os inúmeros fenómenos com que nos deparamos.

Não é um caminho fácil, mas de qualquer forma, a humanidade já conseguiu desvendar enigmas realmente surpreendentes. Não obstante, mesmo nos dias de hoje ainda existem determinados fenómenos e interrogações para as quais não existe uma resposta clara, completa e concisa.

Uma delas é a que refere à vida extraterrestre, ao fenómeno ovni, às chamadas abduções extraterrestres e a toda esta ampla e complexa temática que parece um pouco fantasiosa depois de termos ouvido e lido tantas coisas sobre o assunto.

Quase de certeza (dado que este é um tema interessante para muitas pessoas) que deves ter pensado se existiria alguma explicação científica para o fenómeno ovni. Por essa razão vamos hoje falar um pouco sobre este tema.

fenómeno ovni

O que é realmente um ovni?

Comecemos por analisar o que é um ovni na realidade, pois muitas pessoas acreditam que se trata de uma nave intergaláctica que chega ao nosso planeta para cometer todo o género de atrocidades para com os seres humanos.

OVNI é a sigla utilizada para designar um objecto voador não identificado. É muito provável que já saibas isso, mas a quantidade de pessoas que pensa inocentemente que um ovni é sempre um meio de transporte de seres de outros planetas é enorme.

Na realidade o avistamento e a detecção de objectos voadores não identificados é mais comum do que se possa pensar. Um ovni pode ser qualquer coisa que voe mas que não conseguimos identificar. Geralmente costumam ser meteoritos ou pedaços destes, satélites que se desintegram, bandos de pássaros, balões meteorológicos, aviões e todo o tipo de coisas que voam e que se deslocam dentro do nosso campo de visão.

Até ao presente dia ainda não existe qualquer evidência que (mediante o uso da razão, do senso comum ou da ciência) possa determinar efectivamente que tenha existido o voo ou a aterragem no nosso planeta de uma nave ou objecto voador de origem externa à Terra.

Mas então faz algum sentido que nos questionemos se existe uma explicação científica para o fenómeno ovni? Porque não? Trata-se apenas de objectos voadores que não foi possível identificar, mas isso não significa necessariamente que tenham uma origem extraterrestre.

ovnisNa grande maioria dos casos, esses objectos são identificados passado pouco tempo e são objectos tão comuns como um balão meteorológico.

A questão está mais no plano sociocultural e num fenómeno latente na imaginação de muitos. E já agora sejamos sinceros, quem de nós nunca se interessou por este tema? A quem é que não desperta a curiosidade a ideia de que a partir de outros planetas, existem seres intergalácticos que vêm visitar o nosso planeta? Quem é que não gostaria de saber se existe vida noutros planetas?

Este é um tema muito amplo que a comunidade científica tem tentado analisar detalhadamente. Temos mesmo o exemplo de Stephen Hawking que afirma a existência da vida para além do nosso planeta, mas que de uma forma geral é um tema bastante controverso.

ovnis

Atrás de falsas pistas extraterrestres

Ao longo da história diferentes culturas por todo o mundo foram testemunhas de todo o género de seres cuja existência escapa à razão, desde deuses de todo o tipo a fantasmas, demónios ou criaturas míticas, como por exemplo diversos animais estranhos ou vampiros. Mas no século XX surgiu um novo fenómeno: o dos extraterrestres.

Factos como o incidente de Roswell, a Área 51, os testemunhos de pessoas que dizem ter sido vítimas de abduções, testemunhas de supostos experiências perpetradas por espécies alienígenas com animais, estranhas marcas nas culturas e um muitos outros casos semelhantes, fazem parte do fenómeno ovni e dos extraterrestres.

Desde finais da Primeira e inícios da Segunda Guerra Mundial que a figura do extraterrestre que viaja centenas de anos-luz pelo Universo para vir à Terra aterrorizar os seres humanos tem vindo a crescer e a estabelecer-se no imaginário colectivo dos mais fantasiosos.

No entanto, é muito importante voltar a destacar que do ponto de vista da ciência nunca existiu qualquer evidência que possa sustentar qualquer um destes testemunhos ou qualquer das teorias sobre este tema.

Apesar de tratar de uma ampla matéria de estudo e de terem sido levadas a cabo todo o género de investigações, não houve nenhuma que do ponto de vista científico tivesse trazido algo de novo.

 

Explicações científicas para os supostos fenómenos extraterrestres

A cada um desses factos que erradamente se costuma relacionar com os ovnis (que como vimos geralmente nada têm a ver com extraterrestres) foi dado todo o tipo de respostas, tanto por parte das ciências como das pseudociências, desde a razão, os mitos, a ignorância e o medo. Estas duas últimas são as que aparecem mais frequentemente (e as mais controversas), mas não são as que nos interessam.

 

Avistamentos de ovnis

O avistamento de ovnis, como mencionei anteriormente, não precisa de nenhum tipo de explicação ou análise científica, porque é apenas isso: o avistamento de um objecto que apesar de não ter sido possível identificar, não significa tratar-se de uma nave extraterrestre.

abduções

Abduções

No caso das chamadas abduções, os especialistas dizem que a sugestão e a mente são os verdadeiros responsáveis pelo fenómeno e não os supostos extraterrestres. O tema foi analisado em profundidade pela professora e investigadora da Universidade de Harvard: Susan Clancy.

Após 5 anos inteiros a estudar cada um dos possíveis aspectos acerca de 50 pessoas que diziam ter sido sequestradas por extraterrestres, chegou a uma conclusão do ponto de vista científico. Nenhuma destas 50 pessoas podia ser catalogada como demente, nem se podia dizer que sofresse de algum tipo de desordem mental, no entanto, todas elas tinham uma clara tendência para a fantasia e para acreditar em ideias fora do comum.

Praticamente todos os participantes acreditavam em coisas como a astrologia, o tarot, a leitura da aura, terapias com cristais, etc. Para além disso foram dadas explicações científicas a todos em relação às suas dúvidas, mas mesmo assim continuaram a acreditar que a teoria da abdução extraterrestre era que melhor se encaixava na experiência que tiveram.

Para a professora Clancy, trata-se de uma série de acontecimentos a nível cerebral tais como a chamada paralisia do sono e as falsas recordações criadas pela mente (entre outras coisas) que em conjunto dão lugar a este tipo de falsas crenças onde a pessoa realmente acredita ter sido sequestrada e manipulada por seres extraterrestres.

circulos na colheitas

Marcas e círculos nas culturas

As marcas e os círculos nas culturas foram referidos durante anos como sendo uma estranha linguagem da parte dos extraterrestres para comunicar connosco. No entanto, sabe-se que qualquer pessoa com alguns conhecimentos a nível da geometria, e com duas tábuas e uma corda consegue fazer essas marcas.

Com efeito e ao longo dos anos logo após as primeiras aparições no Reino Unido durante o ano de 1976 que diferentes pessoas têm vindo a chamar a si a autoria destas marcas ou círculos nas culturas. Estes círculos são feitos com fins comerciais, a título de brincadeira ou apenas para chamar a atenção na grande maioria dos casos.

Algo semelhante acontece com as linhas de Nazca, no Peru ou com outras construções feitas pelo homem ao longo de milhares de anos. Mas defender que este tipo de construções não estava ao alcance dos humanos é estar a desvalorizar, a desmerecer e a subestimar a raça humana.

Pessoalmente já tive oportunidade de ter visto uma vez um ovni. Tratava-se de um corpo luminoso no céu que pelos seus movimentos e pela sua velocidade, não consegui identificar, mas nada mais do que isso. Talvez fosse algum tipo de lixo espacial, algum satélite a cair ou algo do género, mas a verdade é que por mais explicações que possa haver não foi possível saber ao certo o que era.

Este é um tema realmente complexo e que do ponto de vista da ciência é fácil de levantar algum cepticismo, assim como também é fácil libertar a nossa fantasia, a imaginação e fazer todo o tipo de conjecturas. A verdade é que do ponto de vista científico é provável que exista vida para além do nosso planeta e que a comunidade científica leva o tema a sério como realmente merece.

 

E tu? Já alguma vez tiveste algum avistamento de um ovni? Qual é a tua opinião sobre este fenómeno?

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...