Etiquetando a cidade

Etiquetando a cidade

Em “A Terra em Marte” gostamos de falar de arte urbana pouco convencional. Aquelas intervenções que transformam algum cantinho de uma cidade em algo realmente especial e elevam uma urbe à categoria de museu ao ar livre.

Etiquetando a cidade 2 A proposta de hoje, é também muito original e combina arte urbana com a cada vez mais usada prática de etiquetar os elementos não apenas da vida real, como também das nossas acções online, pois é indispensável ordenar o que vamos encontrando entre tanta informação que recebemos através da rede. Neste caso estamos a falar das subtis intervenções urbanas de Katie Sokoler, que se dedica a etiquetar elementos na rua para que quem o descubra se surpreenda e sorria.

A sua acção é algo parecido à ideia de colocar entradas USB nas paredes de Nova Iorque, mas neste caso o sistema é mais analógico. Katie Sokoler pensou em colocar etiquetas em elementos da paisagem urbana de Brooklyn com mensagens positivos como por exemplo “You are loved”, “You found me” ou um simples “For You” sobre um colorido muro de um edifício, um guiador de bicicleta ou em algum arbusto. Tudo isto, com a intenção de que qualquer pessoa o encontre e possa interpretar a mensagem à sua maneira.

Etiquetando a cidade 3

Uma ideia original de criar e fazer arte e, de certa forma, de brincar enquanto se passeia pela rua. Sou apologista deste tipo de acções urbanas, que, embora nalguns casos alterem o mobiliário urbano (não é exemplo as etiquetas de Katie), transmitem alegria a todos.

Fotos: Color Me Katie

5

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...