doenças estranhas

Doenças com nomes curiosos

doenças estranhasMuitas doenças, tanto mentais como físicas, para além de representarem um problema sério, têm o nome ou apelido das primeiras pessoas que delas sofreram ou em que primeiro foram detectadas. No entanto é muito mais frequente que lhes seja dado o nome do médico que a descobriu oficialmente.

Aqui ficam alguns exemplos:

A Síndrome de Marfan, também conhecida como aracnodactilia, é uma desordem do tecido conjuntivo caracterizada por membros anormalmente longos; O Alzheimer, tão destrutivo para o cérebro humano, pelo doutor Alois Alzheimer; ou a estranha síndrome de Capgras, descoberta pelo doutor Jean Marie Joseph Capgras e que é um raro distúrbio no qual uma pessoa sofre de uma crença ilusória de que um conhecido, normalmente um cônjuge ou outro membro familiar próximo, foi substituído por um impostor idêntico. A síndrome de Capgras é classificada numa categoria de crenças ilusórias envolvendo erros de identificação a respeito de pessoas, lugares ou objectos.

Mas também há transtornos e doenças que têm nomes de personagens de ficção, embora os respectivos sintomas não sejam assunto para rir, mas aqui ficam a título de curiosidade.

– Diz-se que padecem da síndrome de Alice no País das Maravilhas aquelas pessoas que mostram problemas na percepção do tamanho real das coisas, assim como da verdadeira imagem do seu próprio corpo. Também pode ser acompanhada da percepção errónea das cores e de dificuldade para reconhecer a cara de pessoas conhecidas. Há quem pense que o criador de Alice, Lewis Carroll, possa ter sofrido desta síndrome, o que explicaria em parte as estranhas aventuras da protagonista.

– A síndrome de Rapunzel, chamada assim devido às longas tranças da personagem do conto dos irmãos Grimm, sendo uma consequência de outro trastorno chamado tricofagia, que consiste no hábito compulsivo de comer cabelo, mais frequente entre crianças e adolescentes do sexo feminino. Isto pode ter como consequência a síndrome de Rapunzel, que é a formação de uma longa cauda de cabelo entre o estomago e o intestino.

A síndrome de Huckleberry Finn é negativa constante de um adulto em assumir responsabilidades, tanto no âmbito laboral como afectivo. Isto pode acarretar mudanças muito frequentes de emprego e constantes problemas emocionais. Costuma ocorrer em pessoas inteligentes que têm problemas de auto-estima ou um carácter depressivo.

– A Síndrome de Otelo é a expressão máxima de desconfiança no outro elemento do casal, em referência ao ciumento personagem de Shakespeare obcecado com a fidelidade da sua desejada Desdémona. Quem sofre deste problema tem a certeza de que o seu par é infiel, embora não haja prova disso ou de que exista a mínima razão para suspeitas.

– A síndrome de Madame Bovary traz consigo dois factores diferentes. O afectado tende a olhar para o mundo de uma forma excessivamente idealizada, para de seguida ter essa visão completamente demolida pela realidade, que nunca cumpre as suas espectativas. Esta continua roda entre ideais e realidade cria uma insatisfação crónica nos que sofrem de “bovarismo”.

– A síndrome de Poliana é a sublimação do optimismo e implica que quem sofre dela seja incapaz de ver o lado mau das coisas, descartando assim parte da realidade. As pessoas que têm este problema podem ser descritas como os “optimistas definitivos”, o que nem sempre é positivo.

– Talvez a mais conhecida de todas seja a síndrome de Peter Pan, também chamado de “a criança que nunca cresce”. Aqui acontece que, para além da falta de vontade em assumir responsabilidades de adulto, há uma tendência nas pessoas com este problema para a manipulação, o narcisismo e a negação do envelhecimento ou o medo de não serem queridos ou aceites pelos outros, entre muitos outros sintomas.

Síndrome de Wendy, também em relação ao conto de Peter Pan, manifesta-se como uma necessidade compulsiva em agradar às outras pessoas, por medo da rejeição ou mesmo do abandono por parte dos seus entes queridos.

2

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...