deserto do sahara

Como sobreviver no deserto do Saara

O deserto do Saara é um grande desafio. Será seguramente um dos lugares mais quentes e mortais do mundo, onde todos os anos morrem centenas de pessoas desidratadas que o tentam cruzar. Fica no norte de África e é tão grande em extensão que ocupa um quarto do continente africano, abarcando 11 países.

deserto do sahara

Características do deserto do Saara

O deserto do Saara, também conhecido como “o grande deserto” é o maior deserto quente do mundo e o terceiro maior depois da Antárctida e do Ártico. Com mais de 9 065 000 km2 de superfície, abarca a maior parte da África do Norte, ocupando uma extensão quase tão grande como a China ou os Estados Unidos. O Saara estende-se do mar Vermelho, incluindo partes da costa do mar Mediterrâneo, até ao oceano Atlântico. Para sul, está delimitado pelo Sahel, um cinturão de savana semiárida tropical que cobre o norte da África subsariana. Algumas das dunas de areia do Saara podem alcançar os 193 metros de altura.

 

Como sobreviver no deserto do Saara

Se te perderes num deserto, as probabilidades de sobreviver são de uma num milhão. O mais provável será morrer desidratado ou por insolação. Quase ninguém consegue resistir. Será uma morte certa numa questão de horas.

Mas se quiseres lutar pela vida, a primeira coisa que tens de fazer é cobrir a cabeça para evitar uma insolação. Esse é o primeiro passo para a sobrevivência. Lembra-te que este é o deserto mais quente do mundo e atingem-se facilmente temperaturas de 58 graus durante o verão.

A alimentação é também muito importante. Deves comer com frequência e em pouca quantidade de cada vez. Se comeres demasiado a digestão vai absorver toda a água do teu organismo. Vais ficar tonto, desorientado e não poderás evitar ficar desidratado.

Mas se for o teu dia de sorte e conseguires encontrar uma palmeira, então aproveita para comer uma tâmara e depois protege-te do sol, ficando à sombra e escavando um pouco a areia. Descansa aí até que o sol comece a pôr-se. Respira um pouco, recupera as forças e nunca desanimes. O poder está na mente, não no corpo. Não te deixes levar pelo desespero.

As altas temperaturas costumam provocar dores de cabeça. Se deixares de suar e ficares com tonturas, então estás seguramente a sofrer as consequências de uma insolação. Calcula que no deserto podes perder até um litro de água por hora. Recupera líquidos o mais rápido possível.

Se achas que vais ter menos calor sem roupa, não tenhas tanta certeza. A roupa é um filtro protector contra os efeitos do calor e do vento que pode secar a tua pele. Nunca a tires porque vai-te proteger.

Como sobreviver no deserto do Saara

Como te podes orientar no deserto do Saara

A orientação num deserto como o Saara não é fácil. O único guia é o sol. Dirige-te sempre na mesma direcção tendo como referência o sol.

Se vires um pássaro a voar, segue-o. Os pássaros estão sempre próximo de lugares onde há água, o que significa que haverá provavelmente um oásis perto. Nesse caso, procura bem porque haverá quase de certeza alguma fonte onde te podes hidratar para poder continuar.

Por último, se tiveres um bom sentido de orientação, caminha durante a noite. Vais evitar os efeitos do calor, mas cuidado porque pode haver serpentes venenosas à espreita. Elas também gostam de sair à noite. A chave para as evitar é pisar o chão com força para provocar vibrações e assim afugentá-las.

Agora já estás preparado para a aventura. Boa sorte!

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close