ciberataque

Um ciberataque à escala global. Tudo o que tens de saber para cuidar da tua segurança online

Milhares de empresas, hospitais, universidades e instituições em todo o mundo sofreram o maior ciberataque da história. Lentamente o vírus chegou a todo o lado e também ao nosso país.

300.000 computadores foram infectados por um vírus que afectou mais de 150 países. E os números provavelmente ainda irão aumentar… Isto é tudo o que se sabe e o que deverias fazer para cuidar da tua segurança, informação online e dispositivos electrónicos.

ciberataque

O que é o ciberataque mundial denominado “WannaCrypt”?

  • Este ciberataque consiste em encriptar a informação do Windows e depois pedir às empresas e/ou pessoas um montante significativo a pagar em bitcoins para recuperar a informação. O valor é 300 bitcoins, a moeda anónima escolhida pelos hackers para receber o resgate.
  • Até ao momento ainda poucas pessoas pagaram o resgate, segundo a Europol.
  • Este ransomware afecta algumas versões obsoletas do Microsoft Windows e isso prejudica muitas empresas e pessoas que não têm actualizações automáticas.
  • Esse defeito foi descoberto há alguns meses pela NSA – Agencia de Segurança Nacional dos Estados Unidos.
  • Uma vez que o vírus consiga entrar em qualquer computador dentro de uma rede, o resto dos computadores pode ficar afectado apenas numa questão de segundos.
  • Este ciberataque foi realizado através de correio electrónico com uma direcção web ou um ficheiro anexo. Quando aberto, o vírus entra no sistema operativo do computador e de toda a rede.

hackers

De quem é culpa?

  • Até à data existem várias conjecturas e acusações, mas ainda não há qualquer confirmação oficial até à data.
  • Por parte da Microsoft houve um reconhecimento de “primeiras responsabilidades”, mas também referiu que era uma “chamada de atenção” para os governos. “Este ataque é outro exemplo porque a acumulação de vulnerabilidades dos governos é um problema”, referiu Brad Smith, da Microsoft.
  • Mas por outro lado, Vladimir Putin, presidente da Rússia, culpou os serviços secretos dos Estados Unidos pelo ciberataque. E, segundo ele, o seu país não tem quaisquer responsabilidades nesta situação. Os Estados Unidos, os seus serviços secretos e a Microsoft são os culpados.
  • Há também a alegação que este ataque terá sido levado a cabo por hackers norte-coreanos.

ciber crimes

O que podes fazer para cuidar da sua segurança online?

  • Antes de mais nada, é importante saber que até ao momento apenas os sistemas operativos Windows estão a ser afectados.
  • Depois do ciberataque, a Microsoft publicou uma actualização para o seu software para prevenir novos ataques.
  • Não abrir emails, ligações suspeitas ou spam.
  • Ter sempre actualizado o antivírus também pode ajudar.
  • Os cuidados a ter devem aumentar no caso de pertencer a uma rede institucional. Quem fez este ataque preocupou-se mais com as empresas do que com pessoas individuais.
  • Por vezes nem todas estas precauções não são suficientes. Por essa razão aconselha-se ter cópias de segurança dos dados no PC.

E tu conheces alguma empresa que tenha sofrido este ciberataque?

Sem comentários

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...