As gémeas mais velhas do mundo: O whisky e o exercício são o segredo da sua longevidade

As gémeas mais velhas do mundo: O whisky e o exercício são o segredo da sua longevidade

Chamam-se Raymonde Saumade e Grare Lucienne e acabaram de fazer 98 anos, tornando-se nas gémeas mais velhas do mundo. O seu segredo, entre risos e recordações, dizem as duas anciãs que se deve ao hábito de beber whisky e fazer um pouco de exercício, segundo publicou a BBC.

As gémeas mais idosas do mundo têm um segredo que explica a sua longevidade: beber whisky ou pastis e fazer um pouco de exercício As duas irmãs francesas, Raymonde Saumade e Grare Lucienne, que fizeram 98 anos no passado dia 23 de Setembro, aparecem na nova edição do famoso Guinness Book na edição de 2011.

Nasceram em 1912 em Paris e viveram as duas guerras mundiais. O seu segredo para a longevidade é a felicidade na vida – e um bom trago de whisky ou pastis: “Gosto de pastis, um licor aromatizado com anis, porque sempre estou com sede e realmente fico saciada quando o bebo, por isso bebo”, disse Raymonde, enquanto sorria.

As duas irmãs, que somam 196 anos, têm treze bisnetos. Para a filha de Raymonde, Claudie Saumade, o exercício é a chave para uma longa vida: “Sempre fizeram exercício, e nasceram em frente a um ginásio, pelo que desde crianças apenas tinham de atravessar a rua para ir ao ginásio”, conta.

Começaram a fazer exercícios aos 10 anos de idade, e têm-no feito desde então. “A minha mãe jogou basquetebol até aos 67 anos”, disse a filha.

Na edição de 2011 do Guinness Book aparece outra francesa com o título da mulher mais velha do mundo com 115 anos.

Um Comentário

  1. sergio aires
    Nov 8th

Deixe aqui o seu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


Subscrever grátis

Subscreve a nossa lista de email e recebe artigos interessantes e actualizações comodamente na tua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo não correu bem...